fbpx

Perfil de Genotipagem para Suplementação Periconcepcional ou Gestacional de Vitaminas e Minerais

“No momento da fertilização quando um ser humano começa a existir, a Nutrição tem início. Este período do desenvolvimento, quando as coisas podem ser definitivamente certas ou erradas é de vital importância, e a Nutrição pode exercer uma profunda influência, que se estende por toda a vida” Roger Willians.

Este perfil, é principalmente para você que está planejando a sua gravidez e quer assegurar as melhores condições possíveis para o adequado desenvolvimento do seu futuro bebê.

O estado nutricional antes e durante a gravidez é vital para a saúde da mãe e do bebê. O adequado consumo de vitaminas e minerais leva ao bem-estar de ambos. Os desequilíbrios nutricionais podem comprometer o desenvolvimento não só dá criança em gestação, como também o desenvolvimento e a qualidade de vida das futuras gerações. Embora a suplementação periconcepcional (próximo a concepção) ou gestacional de ácido fólico ou vitamina B12 sejam as mais difundidas e aplicadas na prática clínica, vários estudos têm demonstrado que a suplementação em conjunto de vitaminas e minerais é mais eficiente para a prevenção, especialmente no bebê, de diversas doenças, como transtorno do espectro autista (TAD), obesidade, câncer, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 1 e 2, etc. Entretanto, a necessidade de vitaminas e minerais depende muito do estilo de vida e de fatores genéticos, que juntos determinam a necessidade individual.

Por exemplo, a vitamina C, além de atuar como importante antioxidante regula a expressão de vários genes, que atuam no sistema imunológico; síntese de hormônios; síntese de colágeno, etc. Baixos níveis sanguíneos de vitamina C foram associados a maior risco de doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2 e vários tipos de câncer. A quantidade de vitamina C absorvida no sangue pode diferir entre as pessoas, mesmo quando consomem a mesma quantidade de vitamina C, o que sugere forte influência genética. Os níveis dessa vitamina podem ser influenciados por variantes genéticas do gene GSTT1, o qual codifica a enzima glutationa S-transferase. A versão negativa para GSTT1 pode resultar numa capacidade reduzida para processar Vitamina C.

Isso significa que as pessoas que possuem essa versão tendem a apresentar níveis mais baixos de vitamina C no sangue, na realidade se consumirem uma quantidade deficiente de vitamina C o risco de apresentarem baixos níveis no sangue pode ser até 12,28 vezes maior, o que pode aumentar o risco de muitas doenças e envelhecimento da pele. Solução: adequar a ingestão de vitamina C, de acordo com o DNA, e equilibrar os níveis. Entretanto, cuidado, se você não possuir essas variantes genéticas o aumento da ingestão de vitamina C pode ser excessivo e atuar como pró-oxidante, o que também aumenta o seu risco de desenvolvimento de doenças e envelhecimento da pele. Devido a isso, a Multigene inovou mais uma vez e criou um perfil de genotipagem para vitaminas e minerais para ajudar o profissional de saúde a predizer as necessidades individuais da futura mãe, e assim realizar uma suplementação periconcepcioanal e gestacional personalizada, melhorando a saúde e bem-estar da mãe e diminuindo o risco de diversas doenças na criança. Esse perfil analisa 58 variantes genéticas que permitem estimar as necessidades de vitaminas A, B6, B9, B12, C, D, E e K e de minerais como magnésio, ferro e cálcio.

Para saber mais entre em contato pelo celular (14) 99178-3299

logobranca2

Parque Tecnológico Botucatu

Rod Gusmão Dal Farra, Km 7 - 184 metros

Sala Pós-incubação 06

Jardim Aeroporto

Botucatu - SP

Email: atendimento@multigene.med.br

Telefone: (14) 99178-3299

SAC: 0800 006 0055

 

Galeria de Imagens